Português | English | Français | Español

A Quinta

Construída em 1720 e aberta ao público em 2005, a Quinta de Guimarães é uma casa particular que foi convertida a Turismo de Habitação. Está localizada no limite da Região do Porto e limite da Região dos Vinhos Verdes, com uma vista deslumbrante sobre o rio Douro. A Quinta de Guimarães situa-se na margem direita do rio, e a casa principal da Quinta é uma casa solarenga construída em 1720, com todas as características da época barroca Portuguesa. Está integrada numa quinta murada com 40 hectares, sendo 6 hectares de Mata e 25 hectares de Vinha. Da casa principal pode-se admirar uma vista fantástica sobre as vinhas, sobre a mata ou Resende.

Com amplo horizonte por 2 lados, é abrigada apenas pela Nascente com a elevação do terreno, com grande e espessa Mata que defende a Casa das intempéries do Soão. Da fachada do Sul vemos o panorama de Resende.

Entra-se na Casa pela escadaria na fachada Norte na qual se inclui a Capela de Nª Srª da Conceição. Na sala de entrada podemos ver o tecto abaulado com pinturas originais do séc. XVIII, destacando-se ao centro, o brasão da família Fonseca a quem antepassados dos actuais proprietários compraram no séc. XIX, ficando desde aí a pertencer à família Cunha Coutinho.

Dentro da Quinta existe uma casa em ruínas onde murou Jerónimo Caldas que fez parte da Quadrilha do José do Telhado.

A exploração agrícola compreende 40 hectares de vinhas sendo a família produtora de uvas/vinho há 7 gerações. No entanto, em 2008 e pela 1ª vez na história da família, criou-se uma marca de nome CAZAS NOVAS, nome que pertence a outra casa da família, construída no séc. XVIII. Ambas as Quintas pertencem à Região dos Vinhos Verdes. O CAZAS NOVAS é um vinho intenso, vivo e muito fresco com aromas florais, cítricos e tropicais, é ideal como aperitivo, acompanhando pratos de peixe, marisco, aves ou sushi.